Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Masque

Ontem o dia estava bonito, até que fez Sol. Mas eu gostei mesmo das nuvens, faziam uns desenhos engraçados em cima da árvore. Uma lá parecia um sorvete, de três bolas creio.
Mas eu não fiz nada de interessante, além de fingir cantar. Porém, mesmo fingindo cantar, eu estava em silêncio. Um silêncio tão profundo, frio. Será que alguém percebeu ? Duvido.



Nossas máscaras são perfeitas, muitas vezes muito perfeitas. E por trás da pele, dos dentes, da barba e do osso, existe uma imensidão de pensamentos, de viagens, tão pessoais e particulares quanto a voz. Atrás dessa máscara é que nos escondemos, nos esquivamos dos olhares e julgamentos alheios. Esses, dependendo de quem venham, são piores que veneno.

Quando é que se conhece realmente uma pessoa nesse mundo ?
Talvez eu não conheça nem a minha mãe como ela de fato é...
Talvez eu não conheça as pessoas com quem vivi os curtos, mas inteiros, 20 anos de minha vida. Se nem eles eu tenho certeza se conheço, quem mais eu poderia conhecer ?

Sartre foi genial. "O inferno são os outros". Sim, o inferno é o outro, mas sem esse outro, o buraco seria mais abaixo. Disso eu tenho certeza, por que a loucura interna pode exceder em muito a loucura externa.
A preocupaçao que tenho com o que vai na mente do resto da gente é enorme. Por que faço as coisas que faço ? Por que não faço as coisas que não faço ? Aí fica difícil. Realmente difícil. E difícil também é evitar a solidão, em alguma qualquer parte do dia. Justamente pelo fato de não se sentir parte de suas próprias ações.

Acordar é um momento deprimente...Convenhamos. E não, não estou ficando louco. Ainda pagarei meus impostos em dia.

5 comentários:

tico disse...

Sartre foi genial. "O inferno são os outros". Sim, o inferno é o outro, mas sem esse outro, o buraco seria mais abaixo. Disso eu tenho certeza, por que a loucura interna pode exceder em muito a loucura externa.

genial velho!!!

Cami disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dolle disse...

curti muito mesmo!!

Hiromiiii^^ disse...

Gabrieeeeeeeeeel

Caraca... que foda...
Nem me fale... quanto mais conheço as pessoas, mais tenho a impressão que há muito a conhecer nelas. E que nunca iremos entendê-las 100%.
Mas isso que é o gostoso de sentir. Porque a vontade que dá é procurar saber cada vez mais e mais dessas pessoas.
Os pensamentos que nos rodeiam... ah, nem nós mesmos conseguimos entender.
Muitas vezes, pensamos uma coisa e agimos de outra. E o que é verdadeiro? Não há certo e errado. As ações irracionais podem valer a pena em alguns momentos.

Beijãoooo e Feliz Aniversário de novo \o/

Pri disse...

Hey moço!!!

Apesar da minha semana corrida que está por vir resolvi dar uma passada no seu blog para conhecer. Não tive tempo de ler os outros textos mas por esse que li já gostei! Você escreve moh bem!
E acho que essa dúvidas e crises acompanham a todos nós...talvez a gente nem conheça a nós mesmos direito...
Mas como a Déia disse, isso também tem seu lado bom! Tirando algumas surpresas desagradáveis que isso pode trazer...é muito bom ir conhecendo e descobrindo as pessoas, que tem sempre particularidades e coisas incríveis para nos mostrar!

Já me tornei frequentadora do seu blog a partir de agora!

Bom restinho de fim de semana e niver!!

Bjãooo